REGULAMENTO

1. COMPETIÇÃO ESPORTIVA DE SAMBO OLÍMPICO

1.1 - SAMBO ESPORTIVO, SAMBO COMBATE E BEACH SAMBO:

  • 3 modalidades oficiais olímpicas sendo duas de tapete e uma modalidade de areia.

  • Todo atleta na inscrição deve apresentar o comprovante de residência oficial juntamente com documento RG ou carteira de motorista com foto.

​1.2 –DATA: 26 à 27 de Março de 2022 (sábado e domingo)

​1.3 – LOCAL: Cidade de Socorro –SP

​2. INSTALAÇÕES

2.1 - Local da Recepção, pesagem, passagem de regras e reunião de arbitragem:

Cidade de Socorro – A ser enviado por email​

2.2 - Local das competições em tapete Olímpico:

​ Cidade de Socorro – A ser enviado por email​

2.3 - Local das competições de Beach Sambo

​​ Cidade de Socorro – A ser enviado por email​

​3 - HOSPEDAGEM* A confirmar valores no momento da reserva!

3.4 - Alojamento:  Cidade de Socorro – A ser enviado por email​

​4.SEGUROS

4.1 - Acidentes e seguro de saúde durante o Campeonato Copa cidade Socorro de Sambo Olímpico, de competidores se dará através do seguro saúde contratado pelo organizador do evento.. 

 

4.2 - O Comitê Organizador não assume nenhuma responsabilidade por quaisquer casos de lesão, doença ou morte que possam surgir durante a participação ou viagens relacionadas ao Campeonato Copa cidade Socorro de Sambo Olímpico.

 

5. VALORES E PRAZOS DE INSCRIÇÃO

LOTE 1:

5.1 - Valores das inscrições – por modalidade ou à vista 3 modalidades

  • R$ 100,00 (cem reais) às 3 modalidades.

Pré-Inscrição: 17 de dezembro 2021

  • Inscrição Final: 12 de Março 2022

5.4 - As inscrições deverão ser realizadas no site WWW.SAMBOEVENTOS.COM.BR

5.5 - Delegações que não respeitarem as datas de inscrição também não serão admitidas posteriormente.

5.6 - Apenas um atleta já registrado poderá ser substituído em caso de lesões comprovadas.

5.7 - Qualquer esclarecimento ou informação no e-mail: contato.fpas@gmail.com

6. REGISTRO OFICIAL E CREDENCIAMENTO

6.1 - O Registro Oficial e os credenciamentos correspondentes serão concedidos: A ser enviado por email​

​6.2 - Pelo menos um Oficial de Equipe deve comparecer para fazer a inscrição oficial e credenciamento de atletas e outros funcionários.

6.3 - Em caso de atraso imprevisto na chegada da Delegação, a Federação deverá entrar em contato imediatamente com o Comitê Organizador.

6.4 - Um credenciamento de foto deve ser emitido aos concorrentes, funcionários e à mídia. Este credenciamento deve ser realizado o tempo todo.

6.5 - Identificação ou cópias de identidade de membros das delegações estarão disponíveis, se necessário.

6.6 - Para receber o credenciamento, os seguintes requisitos devem ser submetidos à Comissão Organizadora:

  • Inscrição da Equipe assinada pelo responsável por cada Federação de SAMBO e devidamente lacrada.

  • Cópia de identidade ou identidade de cada competidor.

  • Seguro de saúde para cada concorrente.    

Observação: O credenciamento não será realizado sem atender aos requisitos acima, sem exceções. O atleta deverá autorizar por escrito, no ato do credenciamento a sua autorização para veiculação das imagens.

7. FILIAÇÃO

7.1 - Como trata-se de um evento aberto – OPEN, caso o classificado não seja filiado em seu respectivo estado e na CBAS, o mesmo deverá se filiar.

7.2 - O custo da anuidade CBAS é de R$ 70,00.

8. NÚMERO DE PARTICIPANTES

8.1 - Cada delegação pode inscrever no máximo 28 atletas, um para cada categoria de peso, gênero e modalidade (sambo esportivo ou combat sambo, para homens) e no máximo 2 oficiais (1 representante, 1 treinador)

9. REGRAS DA COMPETIÇÃO

9.1 - A as competências serão realizadas sob as últimas atualizações das regras de organização e aplicação de competências oficiais da fias, regras de arbitragem aprovadas pela fias e regras antidoping da FIAS aprovadas pela ama-wada.

9.2 - CATEGORIAS DE PESO:

​SAMBO ESPORTIVO:

  • Homens: 58, 64, 71, 79, 88, 98 e +98 Kg

  • Mulheres: 50, 54, 59, 65, 72, 80 e +80 Kg

  • COMBAT SAMBO:

    • Homens: 58, 64, 71, 79, 88, 98 e +98 Kg

    • Mulheres: 50, 54, 59, 65, 72, 80 e +80 Kg

​9.3 - Duração do combate: Homens 5 minutos, Mulheres 4 minutos e Repescagem 3 minutos em ambos os ramos.

9.4 - Os homens e mulheres podem competir em todas as duas modalidades dentro da mesma categoria de peso.

9.5 - O sistema de competições com distribuição de grupos, eliminação e repescagem pelos finalistas será realizado durante o Campeonato.

​9.6.  Categoria Kadete: Para atletas de 16 e 17 anos.

10. ÁRBITROS

10.1 - Três árbitros de categoria nacional serão convocados pela Comissão Técnica da CBAS. Os demais árbitros devem ser de categoria nacional ou Estadual.

11. PESAGEM

11.1 - A pesagem será realizada de acordo com as regras da FIAS e será realizada no ginásio (primeiro dia) e no "local do evento" (segundo dia).

​12. CONTROLE UNIFORME E IMPLEMENTOS

12.1 - Os competidores usarão uniformes aprovados pela CBAS. O controle da equipe (implementos) será realizado pelos árbitros antes de cada partida.

​12.2 - Caso um atleta não respeite as regras uniformes, o treinador responsável será suspenso pelo resto da competição do dia. Em caso de reincidência, o treinador será suspenso pelo resto da competição.

​12.3 - Regras particulares relativas às atletas (femininos): Os competidores usarão sob a jaqueta, uma camiseta branca simples ou quase branca "t", com mangas curtas, tempo suficiente para ser usada dentro dos shorts, ou um terno branco liso ou quase branco com mangas curtas. Nenhuma marca deve ser visível quando a jaqueta é feita. Todos os outros regulamentos devem ser respeitados.

12.4 – Não serão aceitos sapatilhas de wresling, ou sapatilhas fora do padrão estipulado pelas CBAS.

12.5 – Os uniformes (kurtkas) deverão ser padrão oficial FIAS ou oficias da CBAS. Os uniformes (kurtkas) passarão por verificação dos arbitros para conferência de tamanho e fechamento, tamanho de short. Caso não tenham o padrão FIAS ou CBAS será obrigatório a readequação ou troca dos uniformes e aqueles que não obtiveram os uniformes oficiais mas estão aprovados deverão adquirir o emblema oficial da CBAS.

13. CÓDIGO DE CONDUTA

13.1 - Todas as federações, atletas, dirigentes, Treinadores e árbitros que participarem do evento, terão que respeitar e aceitar a autoridade da CBAS e comissão organizadora do evento e o estatuto da CBAS, as regras de arbitragem da FIAS e código de disciplina e regulamento da FIAS.

14. PROTOCOLO DE PREMIAÇÃO

14.1 - Os competidores com seus uniformes vermelhos se manterão atrás do pódio de acordo com a ordem 2 –1- -3-3. Cada competidor depois de ter ganho sua medalha deverá aguardar o termino da premiação para poder descer em ordem.

​14.2 - Se o competidor estiver ausente sem uma razão válida, perderá o direito a medalha. Esta proibido aos competidores levar bandeiras ou similares, assim como qualquer manifestação religiosa, politica, pessoal ou comercial, esta proibida, assim como levar boné, gorro ou algo que lhe cubra a cabeça.

15. PROTOCOLOS PARA O COMBATE AO COVID-19

15.1 - Caso o teste COVID seja positivo, o competidor não poderá participar do evento, devendo retornar imediatamente para isolamento.

15.2 - No caso de não poder competir devido ao teste positivo, o competidor terá o reembolso de 30% do valor da inscrição.

15.3 -É obrigatória a utilização de mascaras em todos os ambientes do evento.

15.4 - Serão tomadas todas as medidas necessárias para o combate ao COVID-19, conforme normas da OMS.

16. CASOS OMISSOS

16.1 - Todos demais casos omissos, que não constem neste regulamento, serão discutidos pela comissão organizadora e a CBAS com base no regulamento da FIAS e demais órgãos que regem o esporte.

COPA SOCORRO DE SAMBO OLIMPICO